Mauro Lima Vaz

Mês profissional este ano é de Mauro Lima Vaz, vice-presidente da Bosch Security Systems para a América Latina e Caribe. anos 26 atrás ele pertence a esta empresa. Entre as suas principais paixões, ele destaca a sua família e fotografia.

Por Santiago Jaramillo Hincapie

- Publicidade -

Mauro Lima Vaz, nosso convidado como profissional de vendas SEGURANÇA mês, nasceu em Campinas, Brasil, em julho de 1964. Formou-se em Economia, com pós-graduação em Marketing School of Economics Viena, Áustria. Ele ajustou 26 anos trabalhando na empresa Bosch, que 11 anos tem sido dedicada à indústria de segurança. Também digno de nota que ele tem trabalhado em diferentes países, como a Áustria, Polónia e Alemanha. Desde Julho 2014 assumiu o cargo de vice-presidente da Bosch Security Systems para a América Latina eo Caribe

Como mencionado, Mauro Lima Vaz Bosch sempre trabalhou em diferentes áreas. Em 1999 tomou posse como responsável pela divisão de negócios da Bosch Telecom na Áustria, que continha uma integração pequena sistemas de segurança empresarial, em especial no que ele tinha a ver com intrusão e incêndio. Esta fase foi quando ele desenvolveu uma paixão por esta indústria. Após uma pausa, o segundo contato com a indústria estava na Alemanha, onde, entre 2006 e 2013 foi diretor da área Building Technologies Regional em Berlim com a responsabilidade de comunicações comerciais e de segurança.

Precisamente para alargar a sua história e ao mesmo tempo, sua visão do regiona indústria convidar Mauro Lima Vaz.

VENDAS DE SEGURANÇA: Quais são os desafios enfrentados tecnológica e gerencial e relacionamento com seus subordinados e colaboradores?

MAURO LIMA VAZ: Eu acho que um dos desafios fundamentais da indústria é a transição e integração com o mundo IP. O que nos traz não só uma mudança tecnológica, mas também adaptações na maneira de pensar e organizar o nosso trabalho. Não é uma nova mudança, mas se vamos acompanhar por muito tempo.

Desde a intensidade da mudança é diferente entre diferentes linhas de produtos que lidamos. Por exemplo, em vigilância por vídeo é uma mudança já estabelecida, no entanto, em áreas como os sistemas de detecção de incêndio está apenas começando a trabalhar sobre o assunto. No interior estamos à procura cada vez mais concentrar-se sobre os fundamentos mais importantes do nosso negócio e ter uma sincronização mais forte entre as diferentes regiões da América Latina para criar mais sinergias e aprender uns com os outros.

O que eu gosto no trabalho no nosso continente é precisamente a diversidade de culturas e idéias e, ao mesmo tempo, o desafio é organizar-nos para que possamos aproveitar este sem perder o foco do nosso mercado.

VENDAS DE SEGURANÇA: Você se lembra de alguma anedota ou anedotas, você quer falar e que obteve aprendizagem para o trabalho actividade profissional e pessoal?

MAURO LIMA VAZ: Sim, uma história que eu gosto muito pelo conteúdo e que corresponde muito a minha maneira de pensar é: - O CFO de uma empresa entra na sala do CEO e pergunta: Formação do Sr. Perez é muito caro vamos custar mais de US $ 10 000. Tem a certeza que devemos enviá-lo para o treinamento? E se o Sr. Smith está deixando a companhia após o treinamento? - A resposta do CEO: Sim, vamos enviá-lo ao treinamento. custos possíveis se o Sr. Perez vai nos deixar após o treinamento são mais baixos do que os custos teriam se o Sr. Perez permanece conosco e faz treinamento! A mensagem é, o custo de desenvolver habilidades nas pessoas é um investimento, não um custo.

VENDAS DE SEGURANÇA: Conte-nos sobre a sua família, hobbies, outros interesses (música, esportes, viagens, outros campos do conhecimento) além de integração de segurança.

MAURO LIMA VAZ: Eu sou muito bem casado e tem três filhas maravilhosas. O maior estão a estudar em Viena eo menor é com a gente no Brasil. Fora do trabalho eu tenho uma grande paixão pela fotografia, que inclui uma extensa coleção de câmeras. A câmera mais antiga que tenho é o 1933 ano. Se estiver interessado convidá-lo para visitar minha fotografia principal. Link: http://www.maurolimavaz.com/

VENDAS DE SEGURANÇA: Em poucas palavras: o que, ou o que objetivos que você deve alcançar um gerente na área de uma empresa de segurança são?

MAURO LIMA VAZ: Na mesma linha: o que, ou o que alvos abrangente (clientes e funcionários) deve ter uma empresa de integração de segurança?

Eu acho que os fatores de sucesso mais importantes são: - Capacidade para compreender totalmente os negócios de nossos clientes e seus desafios mais importantes. - Garantir a alta competência tecnológica em nosso equipamento utilizando os meios mais modernos de comunicação disponíveis - a flexibilidade para se adaptar às mudanças. Vivemos em um tempo em que isso acontece cada vez mais rápido. Eu acho que esses fatores são importantes, com a mesma intensidade para a indústria, para a distribuição e para a integração na indústria de segurança

VENDAS DE SEGURANÇA: Resumidamente, descreva-nos um dia o seu trabalho: o tempo de chegada ao trabalho, trabalho desenvolvido, problemas e soluções, a troca interpessoal de pontos de vista e conceitos, transferências, gestão de pessoal, tomada de decisão, as questões pendentes, hora de partida, etc?

MAURO LIMA VAZ: Eu não tenho nenhum trabalho de rotina muito definida, porque o meu trabalho é influenciado por diferentes fatores. Mais da metade do meu tempo trabalhando eu estou viajando, visitando clientes e nossas equipes em diferentes regiões da América Latina. Quando eu viajar para diferentes regiões, eles são muito cheio de atividades e passeios que eu gostaria de visitar os clientes para entender os desafios e problemas de estes também conhecer nossa equipe interna em cada região. Quando estou em Campinas, Brasil nossa sede logicamente tenho muitas tarefas de planejamento, organização e reuniões, que fazem parte do meu papel.


VENDAS DE SEGURANÇA: A América Latina é normalizada em termos de economia: há fluxos de capital maiores e os investidores estrangeiros estão voltando seu olhar para a região. Como você vê o futuro e as possibilidades de expansão da indústria na região?

MAURO LIMA VAZ: Um dos fatores que me atraiu para vir para a América Latina é precisamente o número de oportunidades que temos aqui. A demanda por investimentos na segurança pública e privada é enorme. reservas minerais no nosso continente tem um grande potencial. Temos muitos projetos em vários setores como transporte, entretenimento, bancos, varejo, entre outros. É uma região em pleno desenvolvimento, o que nos permite crescer fortemente.

VENDAS DE SEGURANÇA: O que, do seu ponto de vista, a evolução que tomou a indústria de segurança em seu país nos anos que tem vindo a trabalhar nele? Quais são as peculiaridades da indústria de segurança eletrônica em seu país a partir do ponto de vista das tecnologias que estão na demanda e oferecer, as necessidades e as soluções oferecidas por empresas clientes?

MAURO LIMA VAZ: Eu não encontrar muito tempo na América Latina, mas acho que os desafios aqui são muito semelhantes aos desafios globais do nosso setor de segurança eletrônica. Do ponto de vista das tecnologias de desenvolvimento e integração das plataformas abertas é uma evolução convergente.

Nós tradicionalmente tinha a reputação de ser uma empresa fechada com os nossos sistemas de hoje já estão usando tecnologias abertas e oferecendo a possibilidade de terceiros para integração com nossos sistemas. Outro elemento importante é o cada vez mais forte de integração de suportar sensores altamente sensíveis detectar fogo, intrusão, e vigilância de vídeo. A aplicação da análise de vídeo inteligente também encontraram uma demanda muito alta.

A nossa diferença é que a tecnologia Smart Scanning temos embutido na câmera, que permite ao cliente poupar recursos em servidores. Se eu pensar dos segmentos "comerciais" e "segurança pública", acho que podemos falar sobre as seguintes exigências gerais - Prevenção antes da detecção - Ser acessível em qualquer lugar, a qualquer momento - Sistema de Evacuação Inteligente - a segurança de dados de alto nível - sensores portáteis (vídeo), complementando os sensores instalados - Segurança integrada das Comunicações, em projetos públicos.

Nós, como Bosch têm a vantagem de depender de 38 000 pessoas que trabalham em pesquisa e desenvolvimento em todo o mundo (de funcionários 300 000 em todo o mundo) Portanto, temos a capacidade de estar presente em todas essas tendências. Isso garante a participação em todos os desenvolvimentos tecnológicos na nossa indústria

VENDAS DE SEGURANÇA: Qual é a sua opinião sobre educação, formação e reciclagem de todo o pessoal que trabalham na área de integração de segurança?

MAURO LIMA VAZ: De acordo com a história contada acima, você pode entender o meu ponto de vista é a favor do investimento em treinamento e capacitação de nossos colaboradores, porque é fundamental para o sucesso na indústria de segurança

VENDAS DE SEGURANÇA: enumerar os factores de sucesso da sua empresa:

MAURO LIMA VAZ: Existem quatro valores da Bosch Corporation, que se baseiam no longo prazo:

Nossa estabilidade financeira

Nossa força de inovação

nossas Marcas

As pessoas com as quais trabalham são clientes e funcionários

Santiago Jaramillo
Autor: Santiago Jaramillo
editor
Comunicador social e jornalista com mais de 15 anos de experiência em mídia impressa e digital especializada para a América Latina. Atualmente é Editor de Vendas de Segurança, Gestão de Edifícios e Coordenador Acadêmico do Congresso TecnoEdificios.

OUTRAS NOTÍCIAS

article thumbnailInternational. Segundo um novo relatório de pesquisa, o mercado de inteligência artificial deverá ser avaliado em US $ 21.5 bilhões em 2018 e é ...
article thumbnailInternational. A Genetec foi reconhecida como a principal fornecedora mundial de sistemas de gerenciamento de vídeo (VMS), de acordo com ...
article thumbnailInternational. A Milestone anunciou recentemente que alcançou o número notável de parceiros certificados pela 10.000 em seu portal de aprendizado ....
article thumbnailInternational. A fim de melhor alinhar ambas as disciplinas e otimizar os desenvolvimentos tecnológicos futuros na resiliência cibernética, a eficiência ...
article thumbnailColômbia. Um grupo de mulheres assumiu a tarefa de reunir espaços de aprendizagem e iniciar uma iniciativa de liderança que permitiria ...
article thumbnailInternational. A Avigilon Corporation anunciou que fará uma apresentação de sua próxima câmera térmica de alta resolução H4 na Exposição e ...
article thumbnailInternational. As soluções de videovigilância térmica são uma inovação que está causando uma tendência devido às vantagens que oferecem aos usuários, ...
article thumbnailInternational. O SoftGuard permite estabelecer excelentes integrações para simplificar a comunicação entre o hardware e a recepção de eventos, ...
article thumbnailColômbia. CyberAcademy, da Gamma Ingenieros, é um conjunto de serviços que oferece uma plataforma educacional de acesso virtual (e-learning), que tem como ...
article thumbnailEstados Unidos. Missão 500, uma organização de caridade sem fins lucrativos que se concentra no setor de segurança e se dedica a servir o ...